Início
Folha Oeste



Geddel atuou como "líder de organização criminosa"
20/10/2017 09:59:57

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, disse ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o ex-ministro Geddel Vieira Lima assumiu papel “líder de organização criminosa” em referência aos R$ 51 milhões apreendidos pela Polícia Federal (PF) em um apartamento em Salvador, valor atribuído ao ex-ministro. A manifestação da procuradora foi feita antes da decisão do ministro Edson Fachin, que manteve hoje (19) a prisão de Geddel, mas concedeu prisão domiciliar a dois investigados ligados a ele. O processo estava em segredo de Justiça, mas foi divulgado nesta quinta-feira. Segundo a procuradora, o valor encontrado no apartamento pode ser apenas “uma fração de um todo, ainda maior e de paradeiro ainda desconhecido”. “A liberdade provisória ou a prisão domiciliar, pretendidas por Geddel Vieira Lima são absolutamente incompatíveis com os critérios legais para eficiência da persecução penal, que visam garantir o interesse público, acautelando o meio social e garantindo diretamente a ordem pública. Mesmo em crimes de colarinho branco, são cabíveis medidas cautelares penais com a finalidade de acautelar o meio social, notadamente porque a posição assumida por Geddel parece ter sido a de líder da organização criminosa”, argumentou a procuradora. Geddel foi preso no dia 8 de setembro, três dias depois que a PF encontrou o dinheiro no apartamento de um amigo do político. Os valores apreendidos foram depositados em conta judicial Segundo a Polícia Federal, parte do dinheiro seria resultante de um esquema de fraude na liberação de créditos da Caixa Econômica Federal no período entre 2011 e 2013, quando Geddel era vice-presidente de Pessoa Jurídica do banco.



Outras notícias de Brasil
Notebook Style - 2017-12-14 10:02:49
Fabricante da Budweiser encomendou 40 caminhões Tesla Semi - 2017-12-07 17:28:31
- 2017-12-01 15:53:23
Continua intensa busca internacional por submarino argentino perdido - 2017-11-27 17:00:18
- 2017-11-24 09:50:35
Bom dia. Urgente - Horas antes de ser preso, Garotinho celebrou prisão de Picciani: 'Ainda não ter - 2017-11-22 12:16:05
Não se combate o crime com jargão de internet, diz Manuela D’Ávila - 2017-11-21 08:50:34
CUT/Vox Populi: Lula tem 42%, Bolsonaro, 16% - 2017-11-17 16:54:27
Delator do caso Fifa faz novas acusações a empresas de mídia, incluindo a Globo - 2017-11-17 10:27:32
PSDB RACHADO. URGENTE: AÉCIO DESTITUI TASSO - 2017-11-10 08:58:23
Temer recebeu ao menos R$ 2 milhões em propina do grupo Bertin, garante Funaro - 2017-11-02 11:40:57
Lula: estão vendendo o patrimônio do País - 2017-10-27 09:45:07
Latam Brasil terá internet em voos a partir de 2018 - 2017-10-24 17:34:38
Geddel atuou como "líder de organização criminosa" - 2017-10-20 09:59:57
Por 6 a 5, STF decide que afastamento de parlamentar precisa de aval do Congresso - 2017-10-12 10:08:35
Maior ataque a tiros da história dos EUA mata 58 e deixa mais de 500 feridos em Las Vegas - 2017-10-02 16:39:06
Popularidade de Temer tem 3% de aprovação, diz pesquisa CNI/Ibope - 2017-09-29 16:21:21
Chega à Câmara a segunda flecha de Janot contra Temer - 2017-09-22 09:05:21
Forte terremoto atinge o México - 2017-09-20 09:31:55
Nova denúncia é flecha grossa e STF deve autorizar envio à Câmara - 2017-09-15 10:30:13
|>>>>Próxima