Início
Folha Oeste





Jornalista Zé Roberto Entrevista Orlando Silva
22/12/2017

Folha Oeste: Boa noite a todos os amigos e amigas do Face.
Na redação do Jornal Folha Oeste, ao vivo através do canal do Facebook.
Eu jornalista Zé roberto.
O nosso entrevistado de hoje é o nosso amigo.
Orlando Silva de Jesus Júnior do Partido Comunista do Brasil (PCdoB).
Orlando Silva: Boa noite a todos do Folha Oeste.
Eu estou a disposição do jornal ao Zé Roberto.
Quero agradecer ao Folha Oeste pelo convite e me coloco a disposição para responder as suas perguntas.
Folha Oeste: Orlando Silva de Jesus Júnior é um político brasileiro e ex-ministro do Esporte e eleito em 2014 deputado federal.
Começou sua trajetória no movimento estudantil em Salvador e foi o único presidente negro da União Nacional dos Estudantes (UNE).
É filiado ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB).
Também foi eleito presidente da UJS você tem uma longa trajetória política, você entrou junto com o governo Dilma foi eleito em 2014, infelizmente ouve uma interrupção do governo Dilma um golpe, nesta caminhada como posicionou o (PCdoB) deputado.
Orlando Silva: A posição do (PCdoB) foi em defesa da democracia, e a nossa impressão é que a presidente Dilma foi eleita pelo povo, qual quer mudança tinha que ser pelo voto, por isso que o (PCdoB) foi contra, eles não só queria tirar a Dilma, como eles queria mudar o rumo do Brasil.
Tirar a presidente Dilma foi o primeiro passo depois veio, tirar os direitos dos trabalhadores estão querendo mexer com aposentadoria das pessoas e parar com investimento social, inventar uma história de congelamento dos gastos públicos, na verdade libera dinheiro para os banqueiros, e congela aquele investimento, que é a saúde a educação e uma infraestrutura que era para ser feito por isso que votamos contra.
Folha Oeste: O quadrilhão do PMDB que afundou este pais, que fez toda maldade para o trabalhador para dona de casa, para o estudante eu tenho visto a postura do (PCdoB) bem firme na liderança na câmara e também no senado, quero parabenizar a postura do (PCdoB) um momento histórico foram contra a terceirização foi uma mão de obra isso é um absurdo, fragilizou muito também a questão da reforma trabalhista e quase 100 artigos da CLT custou muito a classe trabalhadora, você em janeiro deve assumir a liderança do PCdoB.
Orlando Silva: Essa é a proposta que discutimos na bancada.
As vezes Zé, as pessoas me procura e diz, Orlando porque você é contra a tudo, eu falo, não temos o que comemorar, a escola da reforma trabalhista tem que modernizar a CLT para gerar emprego, é tudo mentira primeiro, a CLT foi criada em 1943 mais passando o tempo, todo ano que tem Leis que vão modificando, antes da reforma trabalhista a CLT era 70% diferente daquela lei de 1943, é mentira, se você puxar pela sua memoria tem algum familiar algum vizinho que ficou desempregado no ultimo período por conta da crise, mais se você pegar e pensar 6 anos atras, a turma tinha mais empregos ou seja se tem crescimento econômico tem emprego, então não adianta mexer na CLT tem que ter desenvolvimento nacional e a economia aquecida é assim que geramos empregos, e outra a aposentadoria é um direito do trabalho.
Folha Oeste: É um absurdo mesmo se aposentar com 60 ou 70 anos aposentou e morreu então, vai desfrutar o que, pra que eu vou querer pagar a presidência isso não esta certo o que voce acha deputado.
Orlando Silva: O Temer não preservou nem a viúva, hoje em dia vou dar um exemplo, quando a viúva ela começa a receber a pensão do seu companheiro ou o viúvo da sua companheira, qual a proposta do governo, morreu o parceiro ou parceira passa a receber 50% da quela renda mais 10% do dependente, e quando o dependente se torna maior morre aquele 10% porém as pessoas usam esse dinheiro para comprar medicamentos, isso é cruel eles não respeita nem a viúva, é um absurdo como esta hoje este governo.
Folha Oeste: Uma outra coisa sobre o PSDB, o governador Geraldo alckmin que hoje preside o partido, fechou na questão do PSDB em vota a reforma da presidência, do jeito que esta tirando todos os direitos, fazendo o trabalhador como escravo, então Geraldo alckmin vamos melhorar isso.
Orlando Silva: É cruel o que esta acontecendo o ambiente do serviço publico não funciona direito, você vai no posto de saúde tem problemas, você vai na escola tem problemas, então assim o povo já tem um monte de problemas de se resolver, ainda vem esse governo para atrapalhar um pouco mais, por isso que é importante a resistência nossa, temos que ter Fé em Deus e confiança no Brasil.
Já passamos por momentos mais difíceis mais nos temos capacidade de sair dessa, por isso que temos que valorizar a democracia e o voto.
Folha Oeste: Deputado você cursou o ensino médio no colégio estadual João Florêncio Gomes.
Orlando Silva: Sim Zé, em Salvador na minha cidade-natal.
Em 1988, com 17 anos, organizei e dirigi o grêmio, através do qual reivindiquei a presença de professores na Secretaria Estadual de Educação.
Nesse mesmo ano, filiei-se ao Partido Comunista do Brasil.
Em 1989 ingressei na faculdade de direito na Universidade Católica de Salvador em 1990, fui membro da diretoria do Centro Acadêmico Teixeira de Freitas.
Folha Oeste: UJS realizou seu 10º Congresso Nacional em Ouro Preto, Minas Gerais, que elegeu você novamente para a presidência da entidade.
Orlando Silva: No Congresso iniciei um processo de reflexão sobre a realidade e os problemas da juventude, elaborando políticas e bandeiras que abriram caminho para a diversificação da UJS em várias frentes.
Folha Oeste: Uma outra pergunta no ano seguinte, a UJS realizou no município de Nazaré Paulista uma grande plenária nacional para um grande balanço sobre o então governo FHC.
Orlando Silva: Exatamente Zé, O evento entrou para a história como o último ato meu, eu fui a frente da entidade.
A plenária aclamou Wadson Ribeiro, recém-saído da presidência da UNE, como novo presidente da UJS.
No governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva exerci os cargos de secretário Nacional de Esporte, secretário Nacional de Esporte Educacional e secretário-executivo do Ministério do Esporte.
Folha Oeste: Você acredita num novo progeto de desenvolvimento no Brasil uma Frente Ampla, aliança entre trabalhadores, empresários, setores nacionalistas das forças armadas que defendem o patrimonio nacional, não vender o pré-sal, as nossas riquesas.
Orlando Silva: Sim, um projeto para valorizar o trabalhador, quando o trabalhador têm dinheiro ele compra, a fabrica produz, o comércio gira e por ai vai, vira um ciclo virtuoso em favor do desenvolvimento do Brasil.
Folha Oeste: Como foi o 14º Congresso do PC do B, onde foi reeleita a Dep.
Federa Luciana Santos a presidente do PC do B.
Orlando Silva: Foi um congresso muito grande, mais de 50 mil participaram do processo de debate, onde foi lançado a candidatura para Presidente da Republica a Dep.
Estudal Manuela Davila.
Lembrando que foi uma novidade, o partido não tinha um candidato desde 1945, foi lançada a Frente Ampla.
Vamos começar o ano quente, dia 24/01 têm o jugamento do Lula, estaremos lá prestando solidariedade ao presidente Lula, a Manuela esta inclusive articulando na vespera um tribunau popular, vai vir o vocalista do U2 (Bono Vox) 19 de fevereiro vai ser o enfrentamento para impedir a reforma da previdencia.



Outras notícias de Entrevista
Jor. Zé Roberto Sabatina: Eleição 2018 - Professora Sonia - Pré-candidata a Dep. Estadual pelo S - 2018-06-22 13:33:17
Jornalista Zé Roberto Entrevista João Bat... - 2018-06-14 22:14:00
Jornalista Zé Roberto Entrevista Aguimarã... - 2018-05-30 21:12:50
Jornalista Zé Roberto Entrevista Chaim... - 2018-05-25 00:10:51
Jor. Zé Roberto e Colunista Julião Entrev... - 2018-05-18 00:29:56
Jor. Zé Roberto e entrevista Gelso de Lima... - 2018-05-10 23:47:24
Jor. Zé Roberto e Colunista Julião Entre... - 2018-05-03 22:09:44
Jor. Zé Roberto entrevista Entrevista Flav... - 2018-05-03 22:08:22
Jor. Zé Roberto e Sindicalista Wellington ... - 2018-04-26 23:45:32
Jor. Zé Roberto e Colunista Julião Entre... - 2018-04-26 23:44:57
Jor. Zé Roberto entrevista Claudio Paes ... - 2018-04-19 23:48:55
Jor. Zé Roberto e Tayna entrevistam Ver.... - 2018-03-29 21:28:25
Jornalista Zé Roberto entrevista Ana Paula... - 2018-03-29 21:23:48
Jor. Zé Roberto e Tayna entrevistam Bog... - 2018-03-29 21:17:39
Jorn. Zé Roberto, Tayna entrevistam Henri... - 2018-03-22 21:16:52
Jorn. Zé Roberto entrevista Almir e Geniva... - 2018-03-16 00:42:05
Jornalista Zé Roberto entrevista Ana Maria... - 2018-03-08 23:51:03
... - 2018-03-02 09:58:07
|>>>>Próxima