Início
Folha Oeste





Jor. Zé Roberto entrevista Entrevista Flavia Cristina - Gerente Regional na Caixa Economica Federal
03/05/2018

Folha Oeste: Boa tarde a todos os amigos e amigas do Face estamos aqui no Folha ao vivo.
Eu jornalista Zé roberto.
A nossa entrevistada de hoje é a Flavia Cristina Oliveira.
Gerente regional na Caixa Econômica Federal.
Folha Oeste: Em nome da equipe do Folha Oeste Uma ótima tarde a todos.
Flavia: Boa tarde a todos do Folha Oeste.
Eu estou a disposição do jornal e ao Zé Roberto.
Quero agradecer ao convite e me coloco a disposição para responder as suas perguntas e questionamentos”.
Folha Oeste: Flavia o que você esta achando dessas normas da caixa subir a cota de 50 para 70 a contra partida ouve uma reação boa no mercado.
Flavia: Com certeza a caixa detêm 70% do mercado imobiliário no Brasil e a gente trabalha com dois recursos que é o FGTS e os recursos de poupanças, recursos do FGTS entra a lei minha casa minha vida, são os imóveis até 300 mil e acima de 300 mil já é recurso de poupança.
A caixa historicamente sempre teve melhores taxas de juros para financiamento em 50% do valor de venda, vinha praticando juros maiores que os bancos comerciais.
Folha Oeste: Por que esse comportamento sobre os juros.
Flavia: As recentes medidas anunciadas pela caixa, aumentando o percentual para financiamento de imóveis usados para 70% e diminuindo os juros, vierem no sentido de corrigir e melhorar a capacidade de competição da caixa.
Folha Oeste: Os juros anunciados, praticamente são os mesmos praticados pelos bancos comerciais.
Flavia: Há possibilidade de novas reduções falando sobre imóveis na planta, modalidade onde a caixa praticamente atua sozinha, o orçamento disponível para 2018 é de 82 bilhões no total.
Folha Oeste: E o programa minha casa minha vida reconhecidamente um grande facilitador de acesso ao crédito pelo trabalhador.
Flavia: Para comprar a casa própria quanto temos de recursos para o programa, há estudos para aumento do valor dos preços dos imóveis enquadramos no programa minha casa minha vida, que hoje está limitado a 230 mil reais aqui na grande São Paulo, essas medidas recentes anunciadas, possibilitando saque do FGTS mesmo em caso de demissão do trabalhador, pode prejudicar no futuro os programas habitacionais que dependem dos recursos do FGTS, o trabalhador tem seu FGTS corrigido a taxa de 3% ao ano, quando financia um imóvel com recursos do mesmo FGTS, paga entre 6 e 8% ao ano.
Folha Oeste: Esses juros não poderiam ser menores para o trabalhador.
Flavia: Em 2017 tivemos falta de recursos para imóvel na planta, especialmente no final do ano.
Corremos esse mesmo risco em 2018, construtor com um projeto pronto para construir, porém receoso que a caixa não tenha recursos para financiar seu em preendimento, o processo político pode influenciar as ações da caixa no que diz de respeito ao financiamento de imóveis, a construção civil é, comprovadamente um grande geradora de empregos, a caixa é a grande parceira das construtoras.
Como a caixa pode colaborar com o segmento e, por consequência, com o Brasil, para diminuição do desemprego.
Folha Oeste: Conta um pouco da sua história para o Folha Oeste.
Flavia: Trabalho na empresa Caixa Econômica Federal Período set de 1999 – o momento Duração do emprego 18 anos 8 meses Fundação Getúlio Vargas Nome do diploma Master of Business Administrativo - MBA Área de estudo Gestão Estratégica de Negócios Período (ou ano previsto para a graduação) 2015 – 2017.
Folha Oeste: Chegamos ao final quero agradecer nossa querida amiga, Flavia Cristina Oliveira.
Quais são suas considerações finais.
Flavia: Quero agradecer toda equipe do Jornal Folha Oeste comunicação ao Jornalista Zé Roberto e bater esse papo e falar da minha trajetória muito obrigada mesmo.
Você sonha com a casa própria mas não sabe por onde começar? Para isso, a Caixa oferece diversas formas de financiamento para ajudar você a investir na casa que sempre sonhou.
Aqui você encontra todas as modalidades de financiamento oferecidas pela Caixa.
São condições especiais para comprar, construir, reformar ou concluir o seu imóvel.
Não importa o valor da sua renda, nem o tamanho dos seus sonhos, a Caixa tem sempre um financiamento que combina com as suas necessidades e com o que você ganha por mês.
Utilize o simulador.
Ele aponta quais as melhores opções de acordo com o seu perfil e facilita a sua decisão para o melhor financiamento.
Escolha a que melhor se encaixa no seu bolso e mãos à obra!​ Um abraço a todos Flavia Cristina Oliveira.
Gerente Regional na Caixa Economica Federal em Osasco e Região Oeste.



Outras notícias de Entrevista
Jor. Zé Roberto e Colunista Julião Entrevistam Comandante Raimundo - 2018-05-18 00:29:56
Jor. Zé Roberto e entrevista Gelso de Lima - 2018-05-10 23:47:24
Jor. Zé Roberto e Colunista Julião Entrevistam Ralfi - Vereador Mais Jovem de Osasco - 2018-05-03 22:09:44
Jor. Zé Roberto entrevista Entrevista Flavia Cristina - Gerente Regional na Caixa Economica Federal - 2018-05-03 22:08:22
Jor. Zé Roberto e Sindicalista Wellington entrevistam Neto - 2018-04-26 23:45:32
Jor. Zé Roberto e Colunista Julião Entrevistam LAU ALENCAR - 2018-04-26 23:44:57
Jor. Zé Roberto entrevista Claudio Paes - 2018-04-19 23:48:55
Jor. Zé Roberto e Tayna entrevistam Ver. Tinha - 2018-03-29 21:28:25
Jornalista Zé Roberto entrevista Ana Paula Rossi - 2018-03-29 21:23:48
Jor. Zé Roberto e Tayna entrevistam Bognar - 2018-03-29 21:17:39
Jorn. Zé Roberto, Tayna entrevistam Henrique Domingues - 2018-03-22 21:16:52
Jorn. Zé Roberto entrevista Almir e Genivaldo - 2018-03-16 00:42:05
Jornalista Zé Roberto entrevista Ana Maria Rossi - Vice-Prefeita Formada em Direito, em Homenagem a - 2018-03-08 23:51:03
- 2018-03-02 09:58:07
- 2018-03-02 09:57:44
Pequeno e poderoso! Minidesktop Positivo Master foca em alta produtividade - 2018-02-23 12:38:53
Jornalista Zé Roberto entrevista Wellington Roberto Alves - 2018-02-23 00:05:43
Jornalista Zé Roberto entrevista Dulce Helena Cazzuni - 2018-02-09 14:36:54
Jornalista Zé Roberto entrevista José Carlos Vido - 2018-02-09 14:36:22
- 2018-02-09 08:49:38
|>>>>Próxima