Jor. Zé Roberto faz Balanço das Eleições e as Trapaças das Fake News no Whats APP

18/10/2018



Folha Oeste: - Bom dia a todos os amigos e amigas leitores do jornal

Folha Oeste:. Eu jornalista Zé roberto vamos fazer um balanço.

Folha Oeste:: Na cidade de Osasco e região Oeste, observamos um grande numero de candidatos a deputados estaduais e federais, entre eles estiveram presente aqui na redação do Jornal. Em todas elas fomos firmes em defender os votos regionais, uma com quase 2 milhões e 300 mil eleitores, não foi possível compor um numero de eleitos para o cargo de deputado federal e estadual.

Folha Oeste:: Após a denuncia da Folha de São Paulo que empresas bancando no whats APP mentiras defendendo seus candidatos. De acordo com reportagem do jornal Folha de S.Paulo desta quinta-feira, empresas estão comprando pacotes de disparos em massa de mensagens contra o PT e de apoio ao candidato Jair Bolsonaro (PSL) no WhatsApp. Os contratos chegam a 12 milhões de reais e a Havan, que apoia Bolsonaro, está entre as compradoras, diz a reportagem. A prática seria ilegal pois se trata de doação de campanha por empresas, o que é vetado pela legislação eleitoral, além de não declarada. Questionado pela Folha, Luciano Hang, dono da Havan, disse que não sabe “o que é isso” e que “não temos essa necessidade.” Porém isso é crime eleitoral previsto na legislação eleitoral em vigor, o abuso do poder economico e financiamento de empresas, passivo do contratante Jair Bolsonaro e a empresa contratada “Havan”, tudo no olhar passivo da justiça eleitoral brasileira TSE. Como termos uma democracia e uma eleição limpa e justa com essa pratica criminosa dessas pessoas inoscrupulosas que não medem esforços para burlar a lei, e fazem de tudo pelo poder bancados por essas empresas. Tais como Major Olimpio senador com 9.039.523, desbancando o líder das pesquisas Eduardo Suplicy, o filho do Jair Bolsonaro; Eduardo Bolsonaro deputado federal com 1.814.443 votos, Janaina Pascal deputada estadual SP com 2 milhões de votos; ambos do PSL, não foi possível atingir uma democracia plena, agora ficou claro que o uso e abuso do poder economico das empresas que apostaram na maracutaia, burlando a lei eleitoral e prejudicando quase todos candidatos do estado de São Paulo, principalmente da região Oeste da grande São Paulo. Inclusive o presidenciavel Fernando Hadad do PT foi o que mais sofreu com este ataque. Na cidade de Osasco, só obteve exito uma candidatura, a do ex-prefeito Emídio de Souza, eleito com 65.898 votos pelo Partido dos Trabalhadores a Deputado Estadual. Também a Deputada Federal pelo PODEMOS Renata Abreu obteve 158.609. Bruna Furlan, filha do atual prefeito Rubens Furlan, obteve uma votação que levou a reeleição com 102.392 votos pelo PSDB. Elvis (filho do profeito de Santana de Parnaiba) de Santana de Painaiba também foi eleito com 57.919 votos .

Folha Oeste:: Também constatou que nomes da região oeste, muitos não obtiveram o exito na eleição, tais como Sergio Ribeiro com 32.617 (ex-prefeito da cidade de Carapicuíba pelo Partido dos Trabalhadores). Também tivemos o ex-prefeito de Osasco; Francisco Rossi que não alcançou os votos suficientes para levar a Alesp ficando com 24.118 votos.

Folha Oeste:: Também nomes da região que disputaram a região para deputado federal como Dep. Valmir Prascidelli de Osasco, que não conseguio retornar para a Câmara Federal com 41.126 votos pelo Partido dos Trabalhadores. Outro que não se reelegeu foi o Deputado Estadual, pelo PSB; Gil Lancaster com 22.919 votos da cidade de Barueri.

Folha Oeste:: Nomes de visibilibilidade que disputaram a eleição e que são da região Osasco como; Claudio Piteri (filho do ex-prefeito Guaçu Piteri) não se elegeu, ficando com 20.645 votos. O presidente da Camara Municipal de Osasco; Dr. Lindoso do PSDB com 29.033 votos, também não atingio os votos suficientes para sua eleição. O vederador presidendo do PSDB e vereador; De Paula obteve 14.376, dessa forma não alcançou votos suficientes para uma cadeira na Camara Federal. Também do PSDB, seu amigo vereador Didi obteve 6.774 votos. Zezinho do PT, que é da cidade de Jandira teve 8.650 votos. Bié Cruz do PHS de Osasco não foi eleito mas teve 1632 votos. Daniel Matias do PRP, candidato a deputado estadual teve 12.470 votos. Zé Amiguinho candidato a deputado federal pelo PDT de Caraicuíba, teve 4.585 votos. Silvio Lopes do PROS de Osasco teve 1.601 votos. Bebeto do PATRIOTA teve 785 votos. Ivo Lopes de Osasco, candidato a deputado federal pelo PROS teve 1.135 votos. Eliseu Lopes de Osasco teve 959 votos como candidato a deputado federal pelo PATRIOTA. Gilmara do PSB , vice prefeita de Carapicuíba, a candidata do prefeito 17.473 como candidata a deputada estadual. Péle da Candida vereador de Osasco do PSC ficou com 4.152 votos para deputado estadual. Saulo Goes de Barueri do PROS obteve 6.523 votos como candidata a deputado estadual.

Folha Oeste:: Já pelo PODEMOS, os cadidatos que disputaram as vagas para deputados estaduais da cidade de Osasco; como Gelso de Lima (ex-secretário de governo do prefeito Rogério Lins) 10.543 já o Delbio Teruel ex-secretário de esporte do governo Rogério Lins 11.908 e Ralf Silva 14.480 (vereador de Osasco). Ambos do PODEMOS que não obtiveram exito. Já no PC do B o presidente do comite municipal da cidade de Osasco; Julião Soares obteve 3.797 votos a deputado estadual. Outro que não alcançou numero suficiente foi o Tinha Ferreira (Vereador da cidade de Osasco) candidato a deputado federal pelo PTB, ficou com 2.696 votos. Pelo PSL o dentista Dr. Alexandre Bussab, obteve 12.136. A professora Sonia pelo SOLIDARIEDADE na cidade de Carapicuíba, obteve 32.533 votos para deputada estadual, entre outros também que não atingiram votos suficiente como a Neia Costa do PSB, vereadora de Carapicuíba, candidata a Deputada Federal obteve 7.671 votos. Dr. Regis pelo PDT, candidata a deputada estadual pelo PDT teve 2.866 votos.

Folha Oeste:: Constatamos que os eleitores da região oeste não assimilaram o voto distrital, não elegendo seus candidatos da região oeste da grande SP.

Folha Oeste:: Também sobre o atual quadro político da nossa nação, a sociedade esta dividida, de um lado existe uma camada da sociedade, principalmente os mais pobres e trabalhadores, que são a maioria nesse país. Pedem por mais empregos e renda, pois não suportam mais essa situação. Do outro lado um pessoal que têm falado da volta dos militares, que detem um poder aquisitivo maior, tais como; empresários, fazendeiros, grandes comerciantes, ruralistas e o sistema financeiro. Parece que esta acontecendo uma luta de classe.

Folha Oeste:: Nesse primeiro turno, os votos brancos, nulos e abstenção foram baixam, os eleitores votaram com conciência em seus candidatos, compareçam as urnas, votaram com conciência, pois esta em jogo o futuro do nosso país Dessa estará contribuindo com um Brasil melhor.

Folha Oeste:: Constatamos que as redes sociais superaram o grande monopólio das grandes mídias que apresentaram o programa eleitoral no rádio e televisão. Mas tambpem houve muito fake news (informações mentirosas e defamatórias), uma verdadeira guerra virtual. Estamos agora no segundo turno que será dia 28 de outubro (ultimo domingo do mês). Não podemos semear o ódio entre nós, pois precisamos ser uma sociedade mais fraterna e solidária. Seja quem for o eleito a presidencia da republica, vai precisar de todos da classe política para conseguir tirar o país desse atoleiro. Tendo em vista 14 milhões de desempregados, é preciso urgentemente, desenvolver o Brasil, voltar ao crescimento do PIB, dessa forma gerando emprego com renda. Segundo turno das 8:00 às 17:00 no dia 28 de outubro. Não deixe de votar o seu voto é muito importante.



Outras notícias de Entrevista


  • Próximo