Início
Folha Oeste





Trabalho Infantil: Triste realidade!

22/05/2017

O trabalho infantil é considerado inadequado à crianças e adolescentes, abaixo da idade mínima permitida por lei para o trabalho.
A OIT (Organização Internacional do Trabalho) milhões de crianças em todo o mundo encontram-se sendo exploradas nas diversas formas de trabalho, incluindo a prostituição e o tráfico de drogas.
Essa exploração contribui sistematicamente com a perpetuação da pobreza, uma vez que afasta as crianças e adolescentes do acesso à educação básica e convívio familiar.
No Brasil, dados do PNAD informam que 43% das crianças exploradas estão na região Nordeste.
Ainda há quem defenda a tese de que, “melhor é uma criança trabalhando do que roubando”.
.
.
uma cultura absurda que se prolifera ao longo do tempo.
O desenvolvimento da criança é fundamental e nesta fase, não pode ser privado o direito que ela tem de absorver todos os momentos importantes de sua infância.
Muitos desses trabalhos, são observados e consentidos pelos pais.
Que possamos como educadores, formadores, especialistas e pais, criar caminhos de conscientização amplos, de forma a atingir os pais, fomentadores culturais e a sociedade como um todo, pois só assim, o futuro deles terá um legado de justiça social, promovido pelo nosso presente! Beto Santos - Contato: especialista.
gep@gmail.
com


Outras notícias de Colunas


O que é ter paz...... - 05/09/2018

O fogo que consome o Brasil... - 04/09/2018

A POLIVALÊNCIA DO CORRETOR DE IMÓVEI... - 24/08/2018

Parecer Técnico de Avaliação Mercad... - 19/03/2018

Parabéns Osasco!... - 19/02/2018

Protesto com classe!... - 16/02/2018

Coluna Imóveis... - 16/02/2018

A POLIVALÊNCIA DO CORRETOR DE IMÓVEI... - 30/10/2017

Trabalho Infantil: Triste realidade!... - 22/05/2017

PAIS, FILHOS E A ALIENAÇÃO PARENTAL... - 22/05/2017

Amor às crianças, um legado eterno! ... - 19/05/2017

|